Nós Indicamos


Ano novo, vida nova - brasileiro quer negócio próprio


As melhorias das condições socioeconômicas do Brasil têm gerado boas oportunidades no mercado interno do país. Essa estabilidade tem proporcionado maior investimento na área de franquias. Atualmente, o Brasil é um dos cinco principais mercados de franchising no mundo. Segundo a Associação Brasileira de Franquias seccional Rio de Janeiro (ABF-Rio), são mais de 70 países atingidos por redes brasileiras e o processo de internacionalização está apenas começando.


O Brasil é o quarto país no mundo em número de redes franqueadoras. Ao todo, são 1.643, que contam com 79.988 unidades franqueadas. Em 2009, o faturamento do setor cresceu 14,7%, chegando a R$ 63 bilhões, e a expectativa é fechar este ano com R$ 74 bilhões, aumento de 18%. Entre os modelos de negócios preferidos estão as franquias de alimentação, moda, turismo e educação.

A euforia não é à toa. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising seccional Rio de Janeiro (ABF-Rio), a taxa de mortalidade no setor é de 1%, enquanto que, para quem inicia um negócio com marca própria, a taxa chega a 40%.

"O risco de erro torna-se menor por começar o negócio com uma série de vantagens, entre as quais está o fato de ter todas as informações sobre o mercado, o público e os fornecedores. Tudo isso pode ser aliado ao franqueador já oferecer para o candidato a franqueado um modelo de gestão da rede com orientações em todos os setores da empresa, desde a documentação fiscal até a comunicação e marketing", explica o presidente da ABF-Rio, Alain Guetta.

Mesmo com todas as informações vindo às mãos de modo facilitado, o planejamento é um dos passos vitais para qualquer negócio. Fazer uma avaliação mais apurada do mercado, dos clientes e concorrentes, além de um levantamento financeiro do futuro negócio, pode ser decisivo.

"É preciso ter bem claro quanto de dinheiro será necessário para manter o negócio funcionando com verbas destinadas ao aluguel ou compra do espaço, pagamento de funcionários, além do capital de giro. Tudo isso deve ser confrontado com a capacidade de geração de receita que o negócio será capaz de gerar. É a análise de viabilidade", esclarece Guetta.

Serviço
Associação Brasileira de Franchising (ABF-Rio) - Av. Treze de Maio, 23 Gr. 401 - Centro, Rio de Janeiro. Tel.: (21) 2292-5104 Site: http://www.abfrj.com.br/


Matéria enviada por:
Mark Assessoria & Comunicação
Fernanda Con'Andra - Atendimento
Adriana Santos - Coordenação
Hanriette Soares - Diretora de Comunicação
Escritórios:
São Paulo - Av. Brigadeiro Faria Lima, 628 - Conjunto 23 - Jardim Paulistano - CEP 01452-913 - Tel.: (11) 3438-4006
Rio de Janeiro - Av. das Américas, 1650 - Bloco 04 - Sala 304 - Barra - CEP 22640-101 - Tel.: (21) 2495-2401/3247-5605/7843-7335/Rádio 32*10774
http://www.markassessoria.com.br/
Ano novo, vida nova - brasileiro quer negócio próprio Ano novo, vida nova - brasileiro quer negócio próprio Reviewed by Empresas S/A on 05:00 Rating: 5

Nenhum comentário: