Nós Indicamos


Modos de pensar o desenvolvimento sustentável



Desenvolvimento sustentável e sustentabilidade são palavras que viraram moda e ecoam nos mais diversos segmentos sociais.

É importante conhecer seu significado, ainda mais se soubermos que 94% da população brasileira não sabem realmente o que significam essas palavras. Se você conhece, então faz parte de uma elite intelectual.

Deter conhecimento é deter poder, mas reter conhecimento é aprisionar-se. E, é com pesar, que registro a baixa repercussão que o Fórum Mundial de Sustentabilidade, que aconteceu em Manaus recentemente, teve.

Temos que ter em mente que sustentabilidade não é uma questão apenas de conservação de ecossistemas e da biodiversidade.

A Comissão Mundial sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento definiu desenvolvimento sustentável como o \"desenvolvimento que atende às necessidades do presente sem comprometer a possibilidade das futuras gerações de atenderem às suas próprias necessidades\".

Temos que difundir e internalizar o conceito de sustentabilidade, caso contrário, continuaremos a sofrer com as conseqüências de não se pensar as suas ações.

A recente experiência do desmoronamento de nossas encostas por conta da ocupação desordenada do solo deve gerar uma reflexão. As enchentes chegaram aos grandes centros e, é fato que as catástrofes naturais não atingem somente a classe proletária.

Os detentores do conhecimento foram vitimados no conforto de suas mansões e resorts. É bem verdade que a questão ambiental ganhou voz nos mais variados segmentos da sociedade organizada.

Hoje temos organismos de proteção ambiental dentro dos três entes políticos, União, Estado e Município, além de institutos nacionais e internacionais com poder de impedir edificações em desacordo com os padrões indicados.

Os grandes centros Rio de Janeiro e São Paulo são apenas alguns estados que podem nos dar exemplos de exclusão e marginalidade no entorno de grandes plantas industriais. No Maranhão, existem palafitas no caminho de grandes indústrias. Algumas, salienta-se, são festejadas por sua preocupação com a sustentabilidade.

O fato é que as coisas não podem ser pensadas de forma isolada. Os idealizadores de Brasília, nossa planejada Capital Federal, se esqueceram que aquela gente que edificou o sonho de Juscelino Kubitschek, teria de morar em algum lugar.

Surgiu, então, o calango e as cidades satélites, mostrando que não tem como varrer o mundo real para debaixo do tapete, pois um dia o vento bate e seremos todos parte do mesmo pó.


Autor: Charles René Lebarbenchon é advogado da Gasparino Advogados
Fonte: Economia SC
Modos de pensar o desenvolvimento sustentável Modos de pensar o desenvolvimento sustentável Reviewed by Empresas S/A on 08:37 Rating: 5

Nenhum comentário: