Nós Indicamos


Dicas para se dar bem como executivo de agronegócios


Para chamar atenção do mercado o profissional deve ser mutante, ter noções de meteorologia e economia ajudam durante o processo de seleção

A onda de demissões que afeta o Brasil não parece interferir no setor de agronegócios, as grandes empresas buscam executivos de diversas áreas para ocupar cargos de gestão no agronegócio. O mercado esta aquecido para estes profissionais, mas quais os diferenciais que o CV deve ter para chamar atenção dos recrutadores? Joseph Sherman, diretor no Brasil da Kincannon & Reed, empresa de recrutamento de altos executivos dos setores de agronegócio, alimento, pesquisas e ciências de vida, dá algumas dicas para ser dar bem no ramo de agronegócios.

  •  O perfil ideal é aquele profissional que consegue ter visão panorâmica, saber detectar os impactos dos efeitos climáticos como chuvas, ventos, seca, etc. “O Executivo precisa estar minimamente ambientado ao setor para exercer um bom trabalho, conhecer as doenças do solo, vegetações, problemas com contaminação e seus agravantes. Além de lidar com crises constantes já que a natureza não é um fenômeno previsível”, explica Joseph Sherman.
  • O executivo do agro deve ir além, precisa entender de finanças, negócios, gestão, com estas habilidades ele já sai na frente de outros candidatos.
  •  O profissional do setor deve ser mutante, se adaptar as regiões onde irá atuar e a população local, entendendo suas dificuldades e necessidades.
  •  Saber identificar os fatores naturais que podem prejudicar os negócios é uma qualidade valiosa para o setor, seca, pragas, ou produção menor exigem informações sofisticadas de especialistas em meteorologia e estudo de campo, que devem estar acompanhadas de perto pelo CEO, que avalia como isso afetará o preço.
Sobre a Kincannon & Reed

Há 33 anos no mercado, fundada nos Estados Unidos, a Kincannon & Reed é uma empresa de recrutamento de altos executivos dos setores de agronegócio, alimentos, e ciências biológicas. A missão da empresa, que hoje está entre as 25 maiores do mundo em termos de faturamento, é recrutar de uma maneira rápida e saudável, líderes para as organizações que alimentam o mundo. A Kincannon & Reed é formada por ex-executivos do setor. Hoje já está presente na Europa, Ásia e América Latina. No Brasil, a empresa nasceu em 2013 sob o comando de Joseph Sherman.

___________________
Fonte: Floter & Schauff | Assessoria de Imprensa - www.flotereschauff.com.br
Dicas para se dar bem como executivo de agronegócios Dicas para se dar bem como executivo de agronegócios Reviewed by Empresas S/A on 06:00 Rating: 5

Nenhum comentário: