Nós Indicamos


Planejamento Estratégico e mobilidade na gestão orçamentária


Por Carlos Augusto Moreira

Num momento de incertezas políticas e econômicas, construir cenários é uma decisão crucial. E no dia a dia das empresas, uma boa gestão orçamentária faz toda a diferença. Foi-se o tempo em que era considerada uma das maneiras para que a empresa mantivesse um caixa positivo. Atualmente, essa área de conhecimento possui valor estratégico reconhecido para as organizações, ajudando, inclusive, a criar projeções e a atingir as metas financeiras estabelecidas. Ela está focada em trazer resultados, contribuindo para todas as áreas do negócio.

O acesso à informação tem sido relevante para a estrutura organizacional. A utilização de informações on-line contribui para a tomada de decisões, prestação de contas, avaliação de resultados, mensuração, e até mesmo para traçar novos percursos frente aos planejamentos e ações em andamento. É, hoje em dia, uma arma poderosa e que não pode e não deve ser ignorada.

Obter dados de maneira veloz, com precisão, tem ajudado, e muito, a conduzir a administração das organizações. Neste cenário, as novas tecnologias de informação têm feito a diferença nos processos decisórios, estando mais adaptadas às mudanças e permitindo alterações com maior rapidez, face às inconstâncias do mercado.

Pense assim: Você está para entrar em uma reunião onde será cobrado por prazos, metas e relatórios que ainda não foram entregues. Passou a noite em meio à milhares de planilhas de excel e fechando relatórios diversos que ainda precisam passar pelas mãos de outros gestores e setores: financeiro, operações, e talvez alguns outros. Não há tempo disponível para analisar tantos dados e sua apresentação de resultados inicia em alguns minutos.

De outro lado, na mesma reunião, outro gestor passa por uma situação semelhante. Porém, enquanto você realiza sua apresentação estando inseguro, ele checa os dados, analisa as atividades desenvolvidas, faz comentários e esclarece dúvidas com sua equipe. Na mesma hora. Em silêncio. Utilizando um recurso simples: um notebook. E, claro, um software de gestão orçamentária.

A diferença entre as duas realidades está na mobilidade. No lugar de um sistema engessado, falido para 2017, existem hoje as ferramentas que te conectam a seus stakeholders e aos dados que precisar ter em mãos em tempo real.

A partir de ferramentas que permitem trabalhar de modo sistêmico, têm sido criados softwares que viabilizam acompanhar resultados de modo contínuo. Para tanto, as inovações tecnológicas trazem diferenciais competitivos, e ainda podem render diferenciais econômicos, além de melhorar a integração entre setores que não atuam fisicamente em conjunto. Elas foram pensadas e desenvolvidas visando à otimização da gestão empresarial. Na gestão orçamentária, possibilita discriminar as despesas, analisar as projeções de custos, fluxo de caixa em cada período, e assim por diante. Com isso, a organização terá mais controle sob suas finanças.

Nesta realidade, um dos maiores desafios hoje não é tanto o desenvolvimento das tecnologias disponíveis e de fácil acesso, mas sim a conscientização dos dirigentes das organizações. É necessário começar por uma ampliação da consciência interna, dentro da organização, procurando mostrar a importância dessas novas ferramentas, seja como diferencial competitivo, seja para a agilidade nas ações e nos processos decisórios, seja para garantir mais transparência e facilidades nos processos.

Tais sistemas de gestão orçamentária por meio da mobilidade viabiliza a realização das ações de maneira mais efetiva, despendendo menos tempo, organizando melhor os recursos e contribuindo para integração dos gestores e suas equipes, além da análise do que é prioridade para a organização. Todos passam a trabalhar com uma mesma base de informações. Assim, elimina também, além de toda a burocracia, a necessidade de tantos papéis, tantos e-mails ou tantos relatórios circulando pelo prédio. Há um ganho de foco e de direcionamento, o que consequentemente, aumenta a produtividade de todos.

Se por um lado não é de maneira rápida que veremos essas inovações ganharem força no Brasil, especialmente porque se trata de implementar uma nova mentalidade e uma nova cultura organizacional que pode impactar nas relações de trabalho, é preciso considerar que é inevitável a implementação desses novos mecanismos a médio e longo prazo. Estamos falando de um caminho sem volta.

____________________________________________
Autor: Carlos Augusto Moreira - CEO da AllStrategy e idealizador do Plano, software de gestão orçamentária e performance com mais de 800 funcionalidades, para planejamento financeiro e controle de fluxo de caixa de médias e grandes empresa.
Fonte: Bio Comunicação - www.biocomunicacao.com
Planejamento Estratégico e mobilidade na gestão orçamentária Planejamento Estratégico e mobilidade na gestão orçamentária Reviewed by Empresas S/A on 16:30 Rating: 5

Nenhum comentário: