Nós Indicamos


Relatório da Vertiv mostra quais são as indústrias mais críticas do mundo


Energia, transportes públicos e telecomunicações ocupam as primeiras posições e destacam-se como setores que atuam como alicerces da sociedade atual; a inatividade das empresas dessas áreas provocam falhas em todas as outras indústrias

A Vertiv™, anteriormente Emerson Network Power, revela em seu mais recente relatório, Classificação das Indústrias Mais Críticas do Mundo, que os serviços de energia, incluindo eletricidade, gás, energia nuclear e tratamento de águas, são os setores da economia mais críticos do mundo. De acordo com Jack Pouchet, vice-presidente do desenvolvimento de mercado da Vertiv, a companhia reuniu um grupo de especialistas de infraestruturas críticas globais para quantificarem e classificarem, de forma sistemática, a criticidade de várias indústrias com base em 15 critérios. “Transportes públicos (em particular os transportes ferroviários e aéreos), posicionam-se na segunda posição da lista, seguidos das telecomunicações, atividades de óleo e gás, armazenamento em nuvem e instalações compartilhadas”, afirma Pouchet.

O executivo explica que o grupo de especialistas estabeleceu os critérios que definem os vários potenciais impactos a partir da perda da disponibilidade de sistemas críticos, avaliando-os com base na gravidade do impacto. Ele acredita que o denominador comum no topo dessa lista é a interconexão entre essas indústrias.

Para o VP de desenvolvimento de mercado da Vertiv, esses setores são importantes para os alicerces da sociedade atual, por isso, os períodos de inatividade em uma dessas áreas podem ecoar por todas as indústrias e por todo o mundo. “Essa realidade não tem volta; ao contrário. A criticidade aumenta à medida que o nosso mundo se torna mais móvel, mais conectado e com mais dispositivos Internet das Coisas".

Outros destaques do estudo

Jack Pouchet relata que, segundo o relatório, energias e águas limpas são necessidades fundamentais em uma sociedade desenvolvida. São setores da economia que suportam a maioria das outras indústrias e serviços. Esse quadro torna os serviços de energia uma escolha óbvia para o lugar de indústria mais crítica.

O VP destaca, ainda, que os transportes públicos situam-se em segundo lugar, com os especialistas mencionando não só a segurança dos passageiros, mas também o impacto maciço que os atrasos e interrupções podem ter em vários negócios e mercados no mundo. Dando continuidade à lista, Pouchet conta que a terceira posição, ocupada pelas telecomunicações, reflete a importância da comunicação e da conectividade em atividades pessoais e empresariais, bem como em situações de emergência.

O impacto no setor financeiro

O estudo avalia, ainda, que os serviços financeiros completam a lista das principais indústrias em termos dos impactos financeiros dos períodos de inatividade não planejados. Segue-se o comércio eletrônico, juntamente com o armazenamento da nuvem e instalações. O grupo de especialistas identificou, também, o armazenamento em nuvem e instalações compartilhadas como algums dos setores em mais rápida ascensão, sendo cada vez mais críticas.

O armazenamento em nuvem e instalações compartilhadas continua acelerando, é o que afirma o especialista Tony Gaunt, diretor sênior de instalações compartilhadas, nuvem, setor financeiro, serviços financeiros e seguradoras para a Vertiv na Ásia. Para Gaunt, o armazenamento em nuvem e instalações compartilhadas também se posicionam na quinta posição da lista global de indústias mais críticas devido ao aumento da dependência dessas plataformas em vários negócios.

"Estamos no início da curva ascendente da adoção da nuvem por parte das indústrias nucleares e é provável que os serviços críticos do futuro (as redes da IoT que suportam pequenas cidades e fábricas, por exemplo) venham a ser desenvolvidos na nuvem", conclui Tony Gaunt.

A lista completa de setores críticos, bem como a análise de categorias específicas, indústrias em ascensão e a metodologia de classificação estão disponíveis no relatório Classificação das Indústrias Mais Críticas do Mundo. Para ver a classificação das outras indústrias, use a Calculadora de Criticidade. Para obter mais informações sobre tecnologias e soluções de disponibilidade de rede e conteúdos adicionais da Vertiv, visite VertivCo.com.

Sobre a Vertiv


A Vertiv projeta, constrói e repara infraestrutura crítica que capacita aplicações vitais para data centers, redes de comunicação e instalações comerciais e industriais. Anteriormente denominada Emerson Network Power, a Vertiv apoia os mercados atualmente crescentes de computação móvel e na nuvem, com um portfólio de soluções de gerenciamento de energia, térmico e de infraestrutura, incluindo as marcas ASCO®, Chloride®, Liebert®, NetSure™ e Trellis™. As vendas no ano fiscal de 2016 foram de USD 4,4 bilhões. Para mais informações, visite www.VertivCo.com.

________________________________________
Fonte: GAD COMUNICAÇÃO
Relatório da Vertiv mostra quais são as indústrias mais críticas do mundo  Relatório da Vertiv mostra quais são as indústrias mais críticas do mundo Reviewed by Empresas S/A on 14:00 Rating: 5

Nenhum comentário: