Nós Indicamos


Controle Financeiro: tomando as rédeas de seu negócio


Por Braulio Lalau de Carvalho

Se você não controlar as finanças da empresa, elas controlarão o futuro de seu negócio. Veja algumas dicas para manter seu empreendimento no azul!

Há uma máxima que uso sempre em meu dia a dia de gestor: despesas são como unhas, devemos cortar sempre! Obviamente, isso não quer dizer que você deixe de assumir riscos ou pensar grande. Não. O que quero ressaltar é a importância de se manter a eficiência operacional, sabendo direcionar bem os recursos disponíveis e evitando gargalos capazes de prejudicar o crescimento de sua empresa.

Por isso, separei algumas dicas e dados que podem te auxiliar a manter um controle financeiro equilibrado em sua empresa. Que tal me acompanhar?

O fator produtividade

Uma relação que nem sempre é realizada com a devida minúcia, mas que deve ser levada em consideração quando pensamos em controle financeiro é a questão da produtividade, afinal de contas, quanto mais eficientes somos no desempenho de nossas funções, maior será o retorno do investimento que é despendido em nós por uma companhia.

Quando falamos do ambiente empreendedor brasileiro, aliás, a questão da produtividade é um dos principais desafios. Segundo pesquisa recente da organização norte-americana The Conference Board, o brasileiro produz, em média, quatro vezes menos do que o trabalhador americano. Em uma época de retomada econômica, melhorar esse índice é um ponto crucial para que o País e as empresas, em geral, cresçam de modo sustentável. No plano das finanças, a baixa produtividade gera dois empecilhos centrais: 
  • Reduz as entradas devido ao baixo rendimento da hora de trabalho;
  • Mantém os custos da mão de obra – basta pensar que, dentro de uma área de atuação, um colaborador produtivo e outro pouco produtivo custam, basicamente, o mesmo investimento para um negócio.
Com tudo isso, aumentar a eficiência operacional de suas equipes é o grande desafio de um gestor e um dos passos centrais para melhorar o equilíbrio das finanças de um negócio. Mais à frente, veremos outras dicas para aumentar a produtividade (e os ganhos) em uma empresa.

Analise as linhas de gastos e receitas

Entender quais são os gastos de seu negócio e, consequentemente, quais são as fontes de receita, é o segundo item na lista do que fazer para manter um controle financeiro eficiente. Neste ponto, não basta ter uma visão geral das finanças; é necessário implementar uma análise detalhada da origem de cada despesa e entrada de capital.

Só assim será possível identificar que gastos podem ser minimizados ou cortados, sem que haja perda de qualidade operacional e organizacional. Do mesmo modo, você poderá identificar melhor quais são as principais fontes de receita e distribuir melhor os recursos.

Faça um acompanhamento semanal dos gastos

Este ponto serve como um complemento e lembrete para o item anterior: um controle financeiro só é, de fato, confiável, quando é feito de modo regular e, de preferência, semanalmente. Acompanhe as entradas e saídas para entender se os gastos estão aumentando, por que motivo e de que modo tais custos devem ser trabalhados.

Traga a inovação para o seu dia a dia

Hoje em dia já é difícil pensar em controle financeiro sem o suporte de soluções inovadoras que auxiliam gestores em ações, que vão desde o planejamento orçamental até o apoio na tomada de decisões. De fato, a tecnologia é uma aliada na eliminação de falhas e retrabalho em análises financeiras, aumentando o volume e o potencial dos dados de um negócio.

Além disso, com a automatização de processos operacionais, os gestores ganharam novas armas para superar o desafio da produtividade, podendo concentrar suas equipes em ações que exijam insights, criatividade e estejam mais centradas no core business da empresa.

Digitalize já!

Outra forma também ligada à inovação de melhorar o controle das finanças é optar sempre pela digitalização. Porque papel quando tenho equipamentos suficientes para produzir, apresentar e trabalhar de modo compartilhado em documentos? Porque grandes arquivos quando tenho a nuvem? A digitalização, além de reduzir custos, contribui para o meio ambiente.

Para concluir, depois de todas essas dicas, o que vale ter em mente é que: não importa quanto potencial de crescimento tenha a sua empresa, sem um controle financeiro bem estruturado, você estará abrindo mão de conduzir seu crescimento e brincando com a sorte. Assuma o controle!

________________________________
 
Autor: Braulio Lalau de Carvalho é CEO da Orbitall, empresa do Grupo Stefanini
Fonte e foto: DFreire - www.dfreire.net.br
Controle Financeiro: tomando as rédeas de seu negócio  Controle Financeiro: tomando as rédeas de seu negócio Reviewed by Empresas S/A on 16:43 Rating: 5

Nenhum comentário: