Nós Indicamos


AlphaGo: Além da Inteligência Artificial


Por Enio Klein                                                                                                     

O antigo jogo de tabuleiro chinês Go é a estrela do filme AlphaGo, do diretor Greg Kohs, que traz à tona diversas questões importantes que cercam o universo da inteligência artificial.

Este documentário relata a experiência da DeepMind , uma empresa da Alphabet Inc. Holding que controla diversas empresas que foram ou pertenceram ao Google, inclusive o próprio Google, ao anunciar uma partida contra nada menos que o campeão mundial do jogo chinês, Lee Sedol.

O Go é considerado o cálice sagrado da inteligência artificial por ter regras simples, mas que, por ter um número perto do infinito de possibilidades, o faz ser exponencialmente mais complexo que o xadrez.

O filme, longe de ter qualquer questão técnica, explora com muita precisão e visão lúdica o contexto humano da interação com a tecnologia e, principalmente, a relação naturalmente antagônica entre seres humanos e máquinas. Este antagonismo vem naturalmente a partir de todo o contexto em que a proximidade eventual da singularidade faz a coisa se parecer com os romances de ficção científica, e levantam afirmações assustadoras de que “a singularidade, se chegar no ponto que se fala, irá posicionar a humanidade da mesma forma que nós humanos posicionamos as baratas”.

O que começou como um confronto da raça humana contra as máquinas e com a presunção do coreano de que seria um jogo fácil, se transforma em um profundo drama onde tanto o jogador humano quanto o programa que joga aprendem e se relacionam de uma maneira ímpar. Humano e máquina se analisando e compreendendo cada jogada, tentando entender “porquês” resultam em um painel muito rico sobre as possibilidades do jogo e na evolução de ambos.

A certa altura de uma das partidas – o jogo é composto de cinco partidas – a máquina fez uma jogada improvável, que praticamente nenhum humano seria capaz de fazer, e determinou a vitória. Na partida seguinte, o coreano fez uma jogada igualmente diferenciada que determinou a vitória do humano. Ficou nítido de que a máquina aprendia com o jogo do humano na mesma medida em que o humano aprendia com a máquina e melhorava sua perspetiva. O jogo terminou em 4 a 1 para o AlphaGo, e a experiência foi considerada riquíssima por todos no meio de uma forte emoção, tanto do jogador coreano quanto na equipe da DeepMind.

O documentário e seus resultados nos trazem a visão e a esperança de que a singularidade não seja o fim dos humanos, mas o início de uma era de aprendizado e crescimento. Assistir ao filme foi uma experiência muito positiva e emocionante para mim. Acho que pode ser para você também. Recomendo!

Sobre a Doxa Advisers

A Doxa Advisers é uma empresa dedicada a aumentar a produtividade dos negócios de seus clientes para o benefício de indivíduos, empresas e sociedade de forma ética e sustentável. O aumento da produtividade é obtido em uma combinação de Inovação e Gestão. Acreditamos que esta é a base para uma sociedade com maior produtividade, riqueza e oportunidades. Seu propósito é prover aos seus clientes conhecimento e orientação em sua utilização, de maneira efetiva, racional com custo-benefício adequado para alcançar seus objetivos, utilizando-se de uma combinação de tecnologia e da experiência.
Seus sócios possuem forte background como executivos, gestores e especialistas em Inovação, Gestão e Tecnologia da Informação, e têm como filosofia trabalhar com paixão e foco no atingimento dos objetivos de seus clientes, seguindo os valores da empresa: Conformidade, Sustentabilidade, Transparência, Tolerância, Qualidade de Vida. A Doxa Advisers possui foco nos seguintes serviços:

- INOVAÇÃO

Entendemos Inovação como uma nova ideia ou uso mais eficaz de uma ideia já existente para atingir objetivos de negócios. Vemos também Inovação como a aplicação de melhores soluções que atendam aos requisitos de negócios novos ou existentes. Para chegar lá, utilizamos os produtos, processos, serviços e tecnologias que já estão prontos, combinados da melhor forma, para atingir os objetivos e metas das organizações.

- GESTÃO

Gestão é a capacidade das organizações de utilizar da melhor forma os recursos disponíveis para atingir suas metas e objetivos, planejando e alcançando essas metas em tempo de forma ética e rentável.
___________________________________
 
Autor: Enio Klein, CEO & General Partner da DOXA ADVISERS, professor nas disciplinas de Vendas e Marketing da Business School São Paulo e Coach pessoal e profissional pela International Association of Coaching - IAC/SLAC
Fonte e foto: Flávia Ghiurghi

AlphaGo: Além da Inteligência Artificial AlphaGo: Além da Inteligência Artificial Reviewed by Empresas S/A on 16:29 Rating: 5

Nenhum comentário: