Nós Indicamos


Imóveis: Automação de marketing eleva vendas em até 30%


Com IA e análise de dados, Agência 242 melhora em 40% visitas nos stands e ajuda no relacionamento com clientes

O mercado imobiliário vive um bom momento no Brasil. Segundo dados da FGV e da Agecip (Associação Brasileira de Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança), o valor médio de venda no país subiu em 2018 pela primeira vez depois de três anos, em 0,7%, mas ainda se manteve abaixo da inflação. Em São Paulo, de acordo com pesquisa da Secovi-SP (Sindicato da Habitação), o número de imóveis comprados entre janeiro e novembro foi 33% maior em comparação a 2017.

Para aproveitar este boom, Pedro Hermano, especialista em marketing digital para o setor imobiliário da Agência 242 (www.agencia242.com.br), afirma que este é o momento de apostar em inteligência artificial e automação de processos. Essas estratégias permitem aumentar as vendas em 30% e melhorar as visitas em stands de lançamento em 40% com investimento baixo: ele estima que fique em 1% do total gasto com marketing. “Na primeira venda, se paga. Sem dúvida o ROI [retorno de investimento, na sigla em inglês] da automação supera o de qualquer outra mídia”, afirma.

Com o mercado favorável, ferramentas do tipo podem fazer a diferença no desempenho das vendas. Um dos benefícios mais visíveis da área é melhorar o relacionamento com pessoas que já demonstraram interesse em um produto da incorporadora. “Há uma preocupação muito grande em gerar leads e muito pequena em se relacionar com eles”, explica Pedro. A melhor saída é manter contato via canais digitais como SMS, WhatsApp, e-mail e agendamento de visita.

É nesse momento que os algoritmos assumem o papel de traçar estratégias eficientes, para esse bombardeamento ser efetivo em vez de excessivo e inconveniente. “Eles têm capacidade de limpar, filtrar e reposicionar produtos, comunicação, compra de mídia e discurso de venda”, diz o sócio da Agência 242. “E também podem analisar continuamente a documentação recebida para garantir que tudo esteja em perfeita sintonia”.

Não só há uma melhora de performance, como a equipe ganha tempo para dedicar-se a outras tarefas menos repetitivas. No atendimento, bots são capazes de oferecer ajuda constante para os clientes em canais variados, no entanto, o processo não é apenas receptivo. Na avaliação do especialista, as incorporadoras falham em não manter um fluxo de comunicação com os compradores após o negócio.

“Nós temos um volume grande de informações sobre o público, comportamento dos consumidores e em relação aos imóveis. As ferramentas de IA nos permitem chegar a conclusões mais precisas a partir desses dados e, por exemplo, identificar conteúdo interessante sobre o bairro onde está o empreendimento e encaminhá-lo de acordo com o perfil do público-alvo”, diz Pedro. “Ganha a incorporadora, com o aumento de faturamento, e ganham os clientes, com uma experiência mais agradável de compra”.

Sobre a Agência 242

Agência digital que desenvolveu novo modelo de negócio unindo inteligência de dados e criação. Oferece serviços em publicidade, design, performance digital, desenvolvimento e assessoria. Já gerou R$ 700 milhões em vendas para mais de 30 empresas nacionais e internacionais. Foi fundada por Gabriel Santacreu e Pedro Hermano. www.agencia242.com.br.

____________________________________________
Fonte e Imagem: Press Works - www.pressworks.com.br
Imóveis: Automação de marketing eleva vendas em até 30% Imóveis: Automação de marketing eleva vendas em até 30% Reviewed by Empresas S/A on 11:54 Rating: 5

Nenhum comentário: