Nós Indicamos


Negócio próprio: franquias, por onde começar?

 Muitas vezes ao decidir abrir seu próprio negócio, o empreendedor opta por uma franquia, buscando a segurança e o respaldo de quem já está no mercado.

Mas uma coisa é muito importante salientar: o investimento para abrir um franchising não é pequeno, então seja cuidadoso e investigue muito antes de investir.

Uma franquia pode diminuir os riscos inerentes à implantação, operação e gestão de um negócio, mas não os eliminará e o sucesso do empreendimento vai depender, em grande parte, do suporte que o franqueador oferecerá e da dedicação do empreendedor.

Se você quer abrir uma franquia, primeiro tenha certeza de que tem o perfil para ser um franqueado. Comece avaliando sua disponibilidade financeira: lembre-se de que o investimento inicial médio gira em torno de R$ 100 mil (valor estimado; existem franquias muito mais caras). Outro fator a ser levado em consideração é a sua independência, pois você terá que atuar de acordo com os padrões estabelecidos pelo franqueador. Avalie seus pontos fracos e fortes, suas habilidades, suas metas e objetivos.

Em seguida, pesquise as franquias disponíveis e compare suas características pessoais com o segmento que você escolheu. É importante você se identificar com o negócio e não escolher apenas porque acha que é rentável. Lembre-se de que você passará muito tempo cuidando do seu empreendimento.

Entre em contato com os franqueadores que você tiver interesse e assimile o máximo possível de informações, como condições, suporte, atendimento, entre outros. Reúna todo o material que conseguir e avalie todas as possíveis propostas. Mas lembre-se: da mesma forma que você estará avaliando o franqueador, ele estará avaliando você.

Após a triagem inicial, é importante que você conheça pessoalmente o seu franqueador, afinal, ele poderá ser seu futuro parceiro de negócios. Pergunte tudo e tire todas as suas dúvidas. Uma dica é fazer uma lista de perguntas e anotar tudo num papel. Não tenha vergonha de usar suas anotações como guia. É crucial conhecer o máximo do franqueador: sua estrutura organizacional, os serviços oferecidos, treinamentos e manuais, etc.

Não se esqueça de pedir uma lista das franquias em operação para que você possa entrar em contato com outros franqueados. Isso vai auxiliá-lo na obtenção de subsídios para uma análise da própria franquia. Procure também ex-franqueados e saiba deles por que não fazem parte mais daquela rede de franchising.

Com tudo em mãos, agora é a hora de analisar os prós e contras de todas as suas alternativas e optar pela mais vantajosa.

Gostou do artigo? Quer saber mais? Tem sugestões? Envie-nos um email: contato@empresassa.com.br
Negócio próprio: franquias, por onde começar? Negócio próprio: franquias, por onde começar? Reviewed by Empresas S/A on 11:22 Rating: 5

Nenhum comentário: