Nós Indicamos


Genis, sarrafos digitais e as grandes empresas se molhando na chuva das redes


Vivemos a era da “Dissonância Cognitiva digital”?  Ninguém sabe as regras, ninguém foi ensinado pela mamãe – “Filho, quando sair de casa – leve a blusa, desliga o gás, apaga a luz e tranca bem a porta”. Executivos perdendo empregos, empresas destruindo reputação da marca e pessoas criando as “Joga pedra nas Genis – versão digital”.

O que leva o (Trend Tropic – assuntos mais falados no Twitter) desde a abertura na copa, ser a #hashtag “Cala Boca Galvão”. Milhões de pessoas pelo mundo perguntando o que significava este movimento. Um Americano inocentemente escreveu “best part of CALA BOCA GALVAO is the rest of the PLANET not having A CLUE what's this about hee.”

E um Brasileiro sarcástico já emendou “...GALVAO is a very rare bird in Brazil. CALA BOCA means SAVE, the brazilians are very sad because lots of GALVAOS die everyday.”

Em menos de 24 horas, milhares de milhares de mensagens! Sarcásticas, irreverentes, divertidas e preconceituosas. Será que vivemos um novo “patrulhamento de idéias”? A internet, que nasce com o propósito de nos dar liberdade, conexão e comunidade é um novo instrumento da sarrafo digital? Um coportamento coletivo como “Não gostamos do Galvão, então vamos destruí-lo!” Preocupante, não!
Em outra vertente, porque marcas como Fiat, Nestlé, Mars (Twix) ou profissionais de empresa como National Geographic Brasil e Locaweb estão patinando na era da democracia das redes sociais? Não julgarei ações ou atitudes, cabe a você leitor tirar sua própria conclusão.

O embloglio mais recente foi o ti-ti-ti mais falado da grande rede!

Onde falhou a ação da Twix, em que internautas se sentiram ludibriados e intitularam em “chuva de papel” e não “chuva de Twix”? Porém, apesar dos erros, a empresa e os organizadores – pelo menos aparentemente – não editaram as críticas à ação. Isto sim é transparência radical. Veja aqui na própria página do evento.
Porque dois graduados profissionais de empresas como Locaweb e National Geographic perdem seus empregos por comentários infelizes em seus “Twitters” particulares – repito particulares? O Editor da revista National Geographic Brasil, que foi demitido por ter criticado via Twitter a maior publicação da casa que empregava-o.

A demissão do executivo na Locaweb por má utilização de seu twitter pessoal e a empresa reagiu rápido e em menos de 24 horas tomou medidas sensatas! Temos ainda o caso da Fiat – que afirmou não fazer carros rosas, porque tem cores mais bonitas e a cor rosa é uma cor de São Paulino. “Alguns minutos depois, a Fiat publicou novo texto no Formspring pedindo desculpas a quem eventualmente tenha se sentido ofendido.”

E o Boicote ao grupo Nestlé, por causa da campanha “Kit Kat versus Orangotango” por causa de um infeliz comentário no Facebook da empresa. Veja detalhes aqui. Na minha humilde opinião está faltando aos profissionais de marketing estudar a base de marketing, estudar o marketing direto – aquele que enviava catálogo via correio, o marketing de relacionamento. Ou seja, precisamos estudar! Os profissionais de mídia social se acham modernos e a grande maioria ignora as regras básicas do marketing.

Muitos erros aconteceram, mais e mais. Será empírico e aprenderemos. Não fique aí, só jogando pedra nas “Genis” digitais. A pergunta é como aprenderemos com o erro destas gigantes e destes profissionais? O que de bom ele fizeram para conter a ira das pessoas? Temos muito a aprender e que bom que não existe receita de bolo e que tem gente saindo para se molhar na chuva!

No mais hoje vou comer um “diamante negro”, confesso fiquei sem vontade de comer um “Twix”.

Autor: Gil Giardelli (Especialista em mídias digitais, com 11 anos de experiência na era digital. Co-fundador da Gaia Creative, Justmail do Board da Amanaie e Startupi. Coordena os Cursos na ESPM de Ações Inovadoras em Comunicação Digital e Startups, economia criativa e empreendedorismo na era digital).
Genis, sarrafos digitais e as grandes empresas se molhando na chuva das redes Genis, sarrafos digitais e as grandes empresas se molhando na chuva das redes Reviewed by Empresas S/A on 05:04 Rating: 5

Nenhum comentário: