Nós Indicamos


Número de cheques devolvidos, títulos protestados e pedidos de falência voltam a subir em maio


Números refletem o encarecimento do crédito e a redução da atividade econômica

Dados da Boa Vista Serviços, que recentemente assumiu as operações da Equifax do Brasil, mostram que no mês de maio foram registrados 1.793.928 cheques devolvidos. O número representa um aumento de 11,40% em relação ao mês de abril. Em comparação a maio do ano passado, o volume foi 1,84% maior. Não há grandes diferenças no aumento de cheques devolvidos de pessoas físicas ou jurídicas em relação ao mês de abril, mas na perspectiva anual, as pessoas jurídicas foram as responsáveis por um aumento de 17% sobre o mês de maio de 2010, enquanto observamos diminuição da devolução de cheques para pessoas físicas.

O aumento do volume de cheques sem fundo em maio em relação ao mês de abril já era esperado, principalmente devido aos efeitos sazonais que influenciam a redução da inadimplência no mês de abril e devido ao menor número de dias do respectivo mês. Em maio, esses efeitos já se dissiparam e a expectativa de crescimento do número de cheques devolvidos se concretizou. Com a continuidade do aperto monetário do banco central, com novos aumentos nas taxas básicas de juros e com a inflação rodeando o teto da meta, a expectativa para os próximos meses é que a inadimplência continue na tendência de alta, sendo também influenciada também pela expectativa de diminuição da atividade econômica no país.
No gráfico abaixo é possível perceber que a redução do volume de cheques devolvidos em abril não foi suficiente para reverter à trajetória ascendente da curva de tendência, que confirma em maio a retomada no crescimento do volume de cheques devolvidos.

Número de Títulos Protestados voltam a subir em maio
 
Quanto ao volume de títulos protestados, dados da Boa Vista Serviços mostram que no mês de maio o volume desses títulos foi de 803.060, apontando um aumento de 24,15% perante o mês de abril, quando foram registrados 646.854 protestos. Frente a maio do ano passado, no qual foram protestados 710.394 títulos, o avanço foi menor, atingindo 13,4% de aumento.

O aumento foi maior para as pessoas jurídicas, 26,9% contra 19,8% das pessoas físicas em relação ao mês de abril. Em relação ao mês de maio de 2010, a diferença é bem mais discrepante, onde observamos um aumento no volume de títulos protestados de 22% para as pessoas jurídicas contra 1% para as pessoas físicas, mesmo movimento encontrado nos cheques devolvidos. O valor médio dos títulos protestados das pessoas físicas gira em torno de R$ 1.708 em maio contra R$ 2.249 das pessoas físicas.

O crescimento no volume de títulos protestados também confirma a previsão de abril, onde afirmamos que a redução no volume daquele mês seria um efeito pontual, devido à sazonalidade. A curva de tendência mostra a retomada do aumento no número de títulos protestados, efeito ainda das políticas de restrição monetária impostas pelo Banco Central, restringindo a capacidade de pagamento das empresas. Os novos apertos monetários, com o aumento da taxa básica de juros para 12,25% e a inflação ainda preocupante devem restringir ainda mais a liquidez da economia, encarecendo os empréstimos e contribuindo para o aumento dos protestos nos próximos meses.

No gráfico abaixo observamos que a diminuição do volume de protestos em abril não foi suficiente para reverter a trajetória ascendente da curva de tendência desde setembro de 2010, que confirma em maio a retomada no crescimento do número de títulos para os próximos meses.

Números de Pedidos de Falência também sobem em maio
 
Dados da Boa Vista Serviços mostram que no mês de maio foram requeridas 138 falências no país. Comparado a abril, o número de requerimentos cresceu 31%. Em comparação a maio de 2010, o acréscimo foi de 3% nos requerimentos. No mesmo período foram decretadas 57 falências, número 5% inferior a abril e 32% inferior a maio de 2010.

A redução nos indicadores de falência ocorrida em abril foi atribuída a efeitos pontuais. Já os números de maio parecem confirmar uma mudança na tendência do número de falências requeridas, que apresentou um comportamento levemente declinante nos últimos meses. A expectativa de novos aumentos nas taxas de juros, restrições ao crédito, com o consequente aumento do custo dos financiamentos para as empresas e a redução da atividade econômica devem contribuir para este cenário.

O gráfico mostra o movimento de diminuição no número de falências requeridas dos últimos anos. Nos meses recentes os números têm se mantido entre os 100 e 150 pedidos e esperam-se novos aumentos para os próximos meses.

 
Sobre o indicador
As informações que dão origem aos Indicadores Econômicos de Pessoa Jurídica da Boa Vista Serviços são extraídas da base de dados recém incorporada da Equifax do Brasil.

Sobre a Boa Vista
A Boa Vista, administradora do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC), é a única empresa do setor com controle nacional. Em junho, a empresa assumiu as operações da Equifax do Brasil Ltda e, com essa fusão, amplia significativamente a sua base de dados, tanto de consumidores quanto de empresas. São mais de 350 milhões de informações sobre transações realizadas por consumidores e mais de 42 milhões de registros entre empresas.

Com uma rede nacional de mais de 2,2 mil entidades representativas do varejo, obtém dados das mais diversas regiões do Brasil. A riqueza de informações armazenadas pela Boa Vista gera poderosas ferramentas para auxiliar o processo de tomada de decisões de negócios, atendendo cerca de 1,2 milhão de clientes diretos e indiretos em todos os segmentos da economia e na velocidade que o mercado precisa, em benefício do crescimento brasileiro.

A Boa Vista tem compromisso com a sustentabilidade e contribui para a orientação sobre crédito consciente à população, por meio do Movimento de Apoio ao Consumidor (www.apoioaoconsumidor.com.br). Além disso, é uma empresa totalmente preparada para o Cadastro Positivo, apresentando soluções adequadas para atender essa nova demanda de crédito no Brasil.

Para mais informações, visite o site www.boavistaservicos.com.br ou ligue para (11)3244-3030.

Fonte: Bansen & Associados Comunicaçã - www.bansen.com.br | 55 11 5539.2344
Número de cheques devolvidos, títulos protestados e pedidos de falência voltam a subir em maio Número de cheques devolvidos, títulos protestados e pedidos de falência voltam a subir em maio Reviewed by Empresas S/A on 08:23 Rating: 5

Nenhum comentário: