Nós Indicamos


Resoluções para o ano-novo? Comece rasgando a sua famosa lista!

 Nesta época do ano, a grande maioria das pessoas começa a pensar e montar listas com metas a cumprir. Geralmente, a pessoa avalia a própria vida, a divide em setores (pessoal, profissional etc.) e tudo aquilo que a fez sentir-se frustrada começa a ganhar planos para uma fantástica reviravolta. E assim, como num ciclo vicioso, milhões de pessoas montam suas listas: “entrar em forma”; “guardar mais dinheiro”; “fazer aquela viagem”; “conseguir uma promoção”; “conquistar mais amigos”; “um (a) novo (a) namorado (a)” e assim por diante.

Segundo Fábio Zugman, autor de “Empreendedores esquecidos”, uma das piores coisas que alguém pode fazer na virada de ano é uma lista de coisas a mudar. “Mudar, por si só, já é difícil. Seja profissionalmente, em um relacionamento ou comportamento. Uma mudança sempre implica esforços, novos aprendizados e frustrações”. Afirma ainda que o ideal é esquecer a tão famosa lista anual: “Escolha apenas uma coisa e foque nela. Um grande erro é tentar mudar um monte de coisas ao mesmo tempo. Se você está tentando resgatar um relacionamento pessoal, será inviável passar mais tempo no trabalho na esperança de uma promoção. Essa atitude só vai te deixar mais longe desse objetivo”, diz Zugman.

Isso não quer dizer que os outros pontos que você deseja mudar não são importantes e, sim, que é preciso focá-los. “Se você está começando em um novo emprego com mais responsabilidades, provavelmente é uma péssima hora para realizar tudo ao mesmo tempo; como, por exemplo, dedicar-se mais à família, emagrecer ou comer comidas mais saudáveis. Vá com calma, defina suas prioridades. Ao escolher um ponto a mudar, procure suspender as outras preocupações enquanto trabalha em seu objetivo principal”, diz o autor.

E se a pessoa quiser focar em várias coisas ao mesmo tempo? Segundo Zugman, “É normal querermos mudar várias coisas ao mesmo tempo. Mas a experiência nos mostra que é muito mais fácil mudar gradualmente, uma coisa de cada vez, sempre caminhando em direção ao que queremos chegar. Mudar é difícil e exige um esforço tremendo, e o desgaste disso tudo fatalmente agirá contra a própria pessoa”.

Em uma iniciativa de mudanças, é preciso respeitar a si mesmo. Se fizer enormes esforços acabará cansado e, certamente, estará propenso à recaídas. E, ao final, a probabilidade de tal risco é chegar ao finalzinho de 2012 com metas não cumpridas. “Rasgue as listas. Aprenda a escolher suas lutas e encare 2012 com um passo de cada vez.”, finaliza o autor.

Autor: Fábio Zugman é paulistano e tem 31 anos. É professor universitário, doutorando em Administração pela FEA-USP e Mestre em Administração pela UFPR. É autor dos livros Empreendedores esquecidos (Elsevier, 2011); Administração para profissionais liberais (Elsevier, 2005); Governo eletrônico: saiba tudo sobre essa revolução (Livro pronto, 2006);O mito da criatividade (Elsevier, 2008); e coautor de Dicionário de termos de estratégia empresarial (Atlas, 2009); Criatividade sem segredos (Atlas, 2010).
Fonte: Iara Filardi Assessoria de Imprensa - www.iarafilardi.com 
Resoluções para o ano-novo? Comece rasgando a sua famosa lista! Resoluções para o ano-novo? Comece rasgando a sua famosa lista! Reviewed by Empresas S/A on 09:02 Rating: 5

Nenhum comentário: