Nós Indicamos


Fique por dentro

Cinco passos para se comunicar bem


Você já se deparou com uma situação de estresse ou mal entendido causado por problemas de comunicação? Se sua resposta é sim, dou-lhe as boas vindas ao clube! Sim, o clube das pessoas que percebem a importância da comunicação em nosso dia a dia e o quanto ela pode facilitar ou dificultar o andamento de uma conserva pessoal, seja por telefone ou escrita. Ah... sem falar da comunicação não verbal, aquela que o nosso corpo emite, sem pedir licença, comunicando até o que não queremos.

A comunicação é o primeiro passo para a construção de uma relação interpessoal e por consequência influencia positivamente os resultados de uma equipe de alta performance ajudando-a a se adaptar rapidamente às mudanças e avançar com velocidade rumo aos objetivos traçados. Porém, a maior parte das pessoas peca exatamente neste ponto. As mudanças bruscas de direção exigem uma comunicação fluida entre as equipes e sempre encontramos problemas na comunicação. Melhorar a comunicação significa melhorar as relações entre cada funcionário e criar vínculos capazes de gerar resultado.

Comunicar vem do latim “Communicare”, que significa fazer comum, participar, avisar, informar, falar, corresponder-se. Comunicação é o ato, efeito ou meio de comunicar.

A comunicação organizacional compreende todo o fluxo de mensagens que compõem a rede de relações sob o campo da organização. É um sistema de informações. A relevância da comunicação sob o âmbito das organizações é a de informar e/ ou receber informações dos públicos tanto internos, quanto externos.

Quando se trata de comunicação escrita, a mesma nos exige em várias ocasiões, maior formalidade que a língua oral. Na fala, é comum repetirmos ideias, para dar ênfase ou para corrigir o raciocínio, que nem sempre percorre o caminho mais lógico e econômico porque não temos condições de planejá-lo antecipadamente.

Além disso, empregamos frequentemente expressões populares, gírias e palavras dispensáveis ou imprecisas, e nossas frases às vezes apresentam lacunas, porque quem nos ouve consegue entender o que queremos dizer (caso contrário, pode nos interromper e lançar uma pergunta). Por fim, não é raro desrespeitarmos na fala algumas regras gramaticais da norma culta (quem já não ouviu um "para mim fazer"?).

Comunicar é uma atividade natural do ser humano e uma necessidade. Através da comunicação nos relacionamos, trabalhamos, expressamos sentimentos, aprendemos e ensinamos, enfim: vivemos. Porém, comunicar de forma assertiva é uma arte. Desta forma, tomo a liberdade de citar cinco dicas para uma comunicação assertiva no trabalho e nas relações sociais.

Conhecimento
- saiba o que vai falar antes de sair proferindo palavras e gestos. Pessoas que insistem no "eu acho" tornam-se desacreditadas em pouco tempo. Fale sobre o que você sabe ou tem experiência, mesmo quando for uma opinião.

Seja direto - pessoas que falam, falam, mas não dizem nada ou simplesmente enrolam também se tornam péssimos comunicadores. O cuidado é para não ser agressivo. Esta é a diferença entre assertividade e agressividade. A comunicação assertiva é direta ao ponto, sem rodeios, enquanto o agressivo faz julgamento de valor, ataca, impõe suas ideias e informações.

Cuide da linguagem - uma das falhas mais comuns na comunicação do dia a dia é falar e escrever sem os devidos cuidados com o idioma. Na comunicação falada já é difícil ouvir determinados erros de linguagem, mas na comunicação escrita fica mais evidente. Cuidado.

Use a empatia - procure se colocar no lugar do outro. Será que a outra pessoa está entendendo o que você comunica? Será que você está falando demais sem deixar os demais também se comunicarem? Enfim, faça o exercício de pensar como seria estar do outro lado enquanto você se comunica.

Linguagem corporal - preste atenção à linguagem corporal. Como sabemos, a comunicação é feita basicamente da linguagem falada (escrita e oral) e a corporal. Muitas pessoas não prestam atenção à própria gesticulação e a do outro. Fique atento. Existem diversos sinais que demonstram se a conversa está agradável ou não. Pesquise a respeito e preste atenção na reação das outras pessoas enquanto você se comunica.

Enfim, para uma boa comunicação é preciso autocrítica e uma boa dose de treino. Preste atenção aos outros para aprimorar sua própria maneira de se comunicar e peça retorno para pessoas confiáveis sobre seu desempenho na arte de se comunicar. Pratique a empatia e a capacidade de saber ouvir. Desta forma, estará aberto a saber como é percebido pelos outros e ganhando uma grande chance de melhorar sua comunicação!

_____________________
Elaine Lombardi é consultora da M&S, consultoria especializada em desenvolvimento humano. - www.msdh.com.br
Fonte: InformaMídia Comunicação - wwwinformamidia.com.br
Cinco passos para se comunicar bem Cinco passos para se comunicar bem Reviewed by Empresas S/A on 06:00 Rating: 5

Nenhum comentário: