Nós Indicamos


Economia brasileira está melhor do que nos anos 2000


Pesquisa realizada em todo estado aponta otimismo dos empresários para os próximos meses


O atual momento da economia, acompanhado da evolução do emprego formal, do aumento da massa salarial real e do avanço das mídias digitais, estimulou novos canais de compras e novas informações, o que, de certa forma, alavancou a propensão ao consumo. A Pesquisa de Opinião do Comércio Varejista de Minas Gerais, realizada pelo Departamento de Economia da Fecomércio Minas, aponta o otimismo dos empresários do comércio. De acordo com a pesquisa, realizada pela primeira vez em todo o estado, para 59,9% dos empresários a situação da sua empresa é melhor do que no início dos anos 2000, e 80,4% afirmam que a economia brasileira também está melhor do que nos anos anteriores.

No segundo semestre, as vendas de fim de ano contribuem bastante para o otimismo dos empresários: são 71,2% de entrevistados com boas expectativas. Além do Natal, com a Copa das Confederações, em 2013, 55,8% dos empresários acreditam em vendas melhores no próximo ano. A maioria dos empresários (67,8%), partindo desse pressuposto, acredita que daqui a seis meses o faturamento da empresa estará melhor, sendo que para 27,6% permanecerá igual. “Outro fator que contribui para o otimismo tanto do empresário quanto do consumidor são as sucessivas reduções da taxa básica de juros (Selic)”, ressalta o economista da Fecomércio Minas Gabriel de Andrade Ivo.

“Entretanto, é possível observar que, mesmo com as expectativas a todo vapor, o empresário se preocupa com a atual crise internacional, que impacta o negócio de 67% dos entrevistados”, evidencia o economista. Muitos acreditam (60,6%) que as medidas de estímulo do governo não impulsionaram as vendas. Para os 30,4% que observaram aumento das vendas, 45,5% acham que as reduções dos juros bancários foram os que mais contribuíram nesse quesito.

Para 71,7% dos empresários do comércio de Minas Gerais, o endividamento e a inadimplência são mais preocupantes, seguidos pela inflação (17,2%) e o desemprego (6,3%). Entre os fatores que mais impactam negativamente os negócios no estado estão a falta de mão de obra (39,2%), a dificuldade de acesso ao crédito (22,6%) e o preço alto junto aos fornecedores (21,4%). “A dificuldade de acesso ao crédito é uma realidade, principalmente para empresas de menor porte. Entre as linhas de crédito, o capital de giro é a mais difícil de ser obtida para 48% dos empresários”, conclui Ivo.

______________________
Fonte: Assessoria de Comunicação - Fecomércio Minas
Economia brasileira está melhor do que nos anos 2000 Economia brasileira está melhor do que nos anos 2000 Reviewed by Empresas S/A on 09:33 Rating: 5

Nenhum comentário: