Nós Indicamos


O que uma agência de publicidade e marketing direto pode fazer por sua empresa?


Sou relativamente novo no ramo da publicidade. Tornei-me sócio de uma agência com a missão de agregar a seu quadro diretivo a vivência em tecnologia. Esta vivência é importante na medida em que os meios de comunicação e as ferramentas usadas em publicidade e marketing direto estão passando por grandes transformações com a convergência digital e a mobilidade cada vez maior dos dispositivos eletrônicos. Impacto que alias está sendo sentido, em menor ou maior escala, por todos os ramos de negócio.

Por ser novato dentro da fascinante área da comunicação social e me surpreender ainda com toda sua sofisticação, pude perceber a dificuldade dos nossos clientes em visualizar qual o papel de uma agência, em que ela lhes pode ser útil, quais serviços oferece e como extrair deles o máximo benefício.

Pude sentir empatia com sua insegurança diante de tantas alternativas diferentes de fazer sua marca conhecida, diria que muitos até se sentem intimidados quando confrontados com a linguagem técnica com que os serviços lhes são apresentados. Tive a oportunidade de constatar que – dentro do universo das pequenas e médias empresas que começam a usar os serviços de uma agência – tanto neologismos como termos muitos usados precisam ser apresentados de forma mais próxima à realidade do cliente.

Desta forma, procurando ajudar, deixe-me compartilhar com o leitor um pouco do que já pude aprender neste breve período de convivência com a publicidade e o marketing direto.

Em primeiro lugar o óbvio, a base de qualquer negócio é a comunicação entre as partes. Se o seu cliente não sabe que seu produto ou serviço existe, quais qualidades ele tem e o que o diferencia de outras opções no mercado, a compra não se efetivará. Dai do dito popular “A propaganda é a alma do negócio”.

Propaganda e publicidade são palavras usadas como sinônimo no dia-a-dia, referindo-se a divulgação da imagem da empresa e de seus produtos e serviços através dos meios de comunicação disponíveis. A propaganda comunica aos potenciais clientes do anunciante – seu público alvo – que seu produto ou serviço é uma opção a ser considerada dentre as existentes no mercado. Ela mostra os benefícios da marca, o que a diferencia de seus concorrentes e porque deve ser escolhida entre todas as outras. Pela propaganda se divulgam também os benefícios intangíveis que a marca traz, dos valores que propõe ou representa.

Mesmo quem acha que não faz propaganda, se está vendendo, alguma propaganda faz. Divulgação boca-a-boca pelos clientes, a placa na fachada, os produtos em destaque na vitrine, a apresentação feita por um vendedor, todas são formas de comunicação de que há algo a venda e que podem interessar a quem está procurando adquirir.

Se a propaganda é a difusão de ideias, o marketing direto é o diálogo. É a comunicação publicitária direcionada de forma a provocar uma resposta imediata e mensurável do público alvo, seja aumentando os clientes no ponto de venda, seja incentivando o contato para obter informações e abrir um relacionamento mais próximo com a empresa anunciante.

O diálogo conquista novos clientes e fideliza os existentes. O marketing direto nasceu nos Estados Unidos com catálogos para compras pelo correio e hoje dispõe de uma gama enorme de recursos em consonância com o avanço da tecnologia. Das fronteiras do Oeste Americano as fronteiras digitais sempre foi uma forma de comunicação social usada por companhias de todos os portes e se adequa bem a realidade das pequenas e médias empresas brasileiras.

Como disse acima, toda empresa faz propaganda de alguma forma, mas nem sempre está consciente disto e muito menos planeja como fazê-lo. O que diferencia a propaganda feita espontaneamente da feita com o auxilio de uma agência é o planejamento, o direcionamento da comunicação para atingir objetivos claramente definido.

A partir do entendimento da sua necessidade, que começa por um levantamento chamado briefing, dependendo de sua necessidade, a agência vai criar desde a identidade corporativa de seu negócio – logotipo, papel timbrado, envelopes, folhetos (folders), catálogos, cartões de visita, etc – até campanhas completas. As campanhas são sustentadas por peças publicitárias de diversos tipos, como folders, totens, brindes, banners, anúncios para revistas, etc.

A propósito, faz parte do trabalho da agência decidir, com base no público alvo da campanha, qual a melhor maneira para que a mensagem chegue até ele, é o famoso planejamento de mídia.

As agências são empresas especializadas na arte e técnica da difusão de ideias, cabe-lhes estudar, conceber e executar da melhor forma possível à comunicação dirigida para um determinado fim. Seu produto final são ideias, transformadas em realidade com o auxilio de outras empresas especializadas. Materiais impressos são produzidos por gráficas, comerciais são produzidos em Produtoras e veiculados pelo rádio e pela televisão, empresas de comunicação gráfica produzem cartazes e banners.

Quando o trabalho da agência é feito desde o início, é possível atingir-se um nível muito bom de integração na comunicação da marca. É o chamado “branding”.

Desde o nome, passando pelo logotipo e pelas cores da empresa, sem esquecer a comunicação interna com os funcionários (endomarketing), até a veiculação de anúncios, todos passam e reforçam os mesmos valores. Forma-se uma personalidade para a empresa, em linha com a qualidade de seus produtos e serviços, que passa a identificá-la para seus clientes.

Em um mundo globalizado, onde podem contar-se nos dedos os negócios sem concorrência, o preço é importante, mas não é exclusivamente ele que determina o sucesso do negócio. Não é difícil lembrar-se o nome de empresas quebraram por basear sua diferenciação apenas no preço mais baixo.

O que se passa na cabeça do cliente é tão importante quanto o preço, lá está o que determina o ato final de compra. E o que está na cabeça do cliente depende fortemente de como sua empresa se comunica com ele, de qual personalidade ele vê em sua empresa e de quanto ele tem ou não afinidade com ela.

Exemplos podem ser encontrados em quaisquer setores da economia, desde a preferência por um hospital pela confiança que inspira até a escolha de uma roupa pela imagem de juventude e estar de bem com a vida que sua marca passa. Pense nas suas próprias decisões de compra e perceberá o quanto o faz pela personalidade das empresas e marcas envolvidas.

Enfim, respondendo a pergunta que motivou este texto, uma agência de publicidade e marketing direto serve para ajudar sua empresa a comunicar-se de forma mais efetiva com seu cliente.

Os serviços de uma agência não são caros quando pesada sua importância para a sobrevivência e o crescimento da empresa. Existem, inclusive, agências especializadas em trabalhar com o segmento de pequenas e médias empresas.

As agências geralmente cobram o trabalho de criação e recebem comissões, regulamentadas por lei, dos veículos de comunicação e de produção gráfica. Há também o modelo de remuneração por um pagamento mensal (FEE) associado a um contrato de serviço por períodos mais longos.

A contratação de uma agência é mais do que a contratação de serviços, é o estabelecimento de uma parceria. É através da sinergia entre as partes envolvidas - seu conhecimento de sua área de atuação e a consistência de seu negócio, somado ao conhecimento especializado da agência - que os melhores resultados serão atingidos. A agência lhe dará a melhor forma de tratar a comunicação, mas sem a sustentação de um bom produto ou serviço a ser vendido, não há milagres.

Aumento de vendas, clientes retornando para novos negócios, lucros crescentes e valorização dos ativos, serão a consequência de uma parceria bem sucedida.
 
______________________
Autor: Carlos Alberto Bernardo é engenheiro elétrico formado pela Escola de Engenharia Mauá. Especialista em prospecção de negócios para agência, empreendedorismo digital, negociação, marketing direto, regulamentação de segurança e crimes eletrônicos, raciocínio estratégico, ITIL Foundations, gerenciamento de times de resposta a incidente de segurança da informação e administração de empresas. Atualmente é sócio-diretor da Alzahra Comunicação.
Fonte: Ecco Press - www.eccopress.com.br
O que uma agência de publicidade e marketing direto pode fazer por sua empresa? O que uma agência de publicidade e marketing direto pode fazer por sua empresa? Reviewed by Empresas S/A on 09:57 Rating: 5

Nenhum comentário: