Nós Indicamos


Franquias em quiosque: vantagens e desvantagens


Quem nunca sonhou em ter o seu próprio negócio? Definitivamente, esta é a vontade de muitos brasileiros. É comum encontrarmos pessoas de nosso networking que desejam largar a vida corporativa para se tornar um empreendedor. As ideias são muitas, as mais diversas e malucas possíveis.

No meio de uma conversa e outra, sempre surge a opção de abrir uma franquia em quiosque em algum shopping center renomado da cidade. Mas, você já parou para pensar quais são as vantagens e desvantagens de operar neste tipo de local? Veja então alguns pontos que irão lhe ajudar a tomar a melhor decisão.

Vantagens

Investimento inicial mais baixo - Geralmente, o que leva as pessoas a pensarem em abrir um quiosque é o fato do investimento inicial ser mais baixo do que uma loja. Nas lojas, por serem maiores, os empreendedores precisam investir mais em projetos, reformas, mobiliário e decoração, o que acaba tornando o investimento inicial mais alto. Pelo fato de ser um projeto padrão, os quiosques conseguem obter custos mais acessíveis em virtude dos ganhos em escala junto aos fornecedores.

Não há o pagamento de CDU - Os espaços ocupados pelos quiosques são de propriedade e de direito de uso dos próprios shoppings, os quais cedem a terceiros a possibilidade de explorar comercialmente por um período pré-determinado. Diante disso, não há a cobrança de ponto comercial, o chamado CDU (Cessão de Direito de Uso). Assim ele se torna mais atrativo quando falamos do desembolso inicial de capital.

Mobilidade - Os quiosques permitem uma mobilidade muito interessante para os empreendedores que não conhecem bem as melhores localizações onde devem explorar o seu negócio. Se não vendeu bem em um ponto, pode mudar de localização e testar novamente, o que em uma loja torna o processo muito mais caro e demorado.

Menores custos operacionais - Como todos sabem, os quiosques possuem espaços menores, o que em muitos casos, faz com que o empreendedor tenha poucos funcionários. Em outras palavras, menor número de colaboradores significa menores custos operacionais.

Desvantagens

Custos elevados - A antiga lei da oferta e demanda ainda está na moda. Embora tenha inaugurado muitos centros comerciais nos últimos anos, há uma grande demanda por espaços de quiosques, o que contribui para um significativo aumento dos custos de ocupação. Muitas empresas como montadoras de automóveis, equipamentos de ginástica, TV a cabo e dentre outros, buscam através destes espaços a oportunidade de se relacionarem com os seus clientes e demonstrarem os seus produtos e serviços. Desta forma, cria-se uma competição entre as empresas que buscam explorar estes espaços como ponto de divulgação com aquelas que exploram como ponto de vendas. Em muitos casos, devido ao seu poder de fogo, quem acaba ganhando esta briga são as grandes multinacionais que utilizam este espaço como estratégia de merchandising.

Contratos com prazos curtos - A grande maioria dos shoppings estabelece um contrato de curta duração, podendo variar de uma semana até um ano. O problema é que muitos negócios não retornam o investimento no prazo do contrato que fora assinado, acarretando em altos riscos para o empreendedor, uma vez que a renovação pode não ocorrer.

Espaço reduzido - A falta de espaço faz com que o empreendedor tenha que planejar muito bem o quiosque. É preciso pensar em tudo, desde onde será armazenado o estoque, como será maximizada a área de exposição e venda dos produtos até qual deve ser o sortimento ideal de produtos a serem comercializados. Uma decisão errada no projeto pode comprometer o sucesso do negócio, uma vez que poderá afetar diretamente o potencial de vendas do quiosque.

Dificuldade de criar uma experiência de compra adequada - Um dos pontos mais trabalhados pelas grandes redes varejistas é a experiência de compra. Em um quiosque, devido ao espaço reduzido, isso se torna um grande desafio. É muito difícil ter um espaço adequado para se ter uma música, para provar o produto e/ou o serviço, ter um visual merchandising atrativo e poder proporcionar um conforto que o seu cliente merece.


Em suma, os quiosques são uma opção interessante, entretanto, nem todo tipo de franquia pode se instalar nessa opção. O mais importante é entender bem o tipo de negócio em que se pretende atuar para ver se essa alternativa é realmente eficiente ou não.

______________________
 
Autor: José Carlos Fugice Jr é administrador de empresas especializado em franquias e varejo com MBA em administração de empresas pelo CEAG FGV/SP, com experiência em mais de 150 projetos de franquias. É sócio-fundador da GoAkira Consultoria Empresarial. Sobre a GoAkira:
www.goakira.com.br
Fonte: InformaMídia Comunicação - www.informamidia.com.br
Franquias em quiosque: vantagens e desvantagens Franquias em quiosque: vantagens e desvantagens Reviewed by Empresas S/A on 06:23 Rating: 5

Nenhum comentário: