Nós Indicamos


Tem Wi-Fi grátis, mas será que funciona?


Hotéis apostam em melhoria na qualidade da internet para atrair hóspedes

A baixa qualidade da internet é uma das principais reclamações dos hóspedes em hotéis. De acordo com o site Revinate, esse serviço muitas vezes é considerado mais importante do que uma cama macia e um chuveiro quente. Com a tecnologia, as exigências mudaram e os hotéis sentiram a necessidade de acompanhar a evolução.

Uma pesquisa realizada pela Hotelogix revelou que os principais investimentos realizados pelos hotéis estão sendo em tecnologia nos apartamentos e melhoria na qualidade e capacidade da internet. Roteadores modernos e potentes permitem não só conexões estáveis, mas de longo alcance, que suportam grande número de usuários. Essa foi a aposta da Rede de Hotéis Deville.

Recentemente, a Rede trocou todos os equipamentos de internet por antenas da marca americana Ubiquiti, conhecida por ter um portfólio com equipamentos de alta tecnologia que são utilizados por empresas renomadas. De acordo com o gerente de TI da Rede, Carlo Fabiano Pereira, antes da troca os problemas apresentados pelo serviço de internet eram constantes nos hotéis. “Usávamos antenas wireless de baixo alcance, com pontos de acesso restritos. Muitas vezes, não conseguíamos resolver de imediato o problema. Isso gerava uma situação constrangedora com o hóspede. O sinal de internet em alguns dos hotéis era comprometido e sofria interferência devido a outras construções próximas”, explica.

Foram instalados 645 access points nas unidades de Campo Grande, Salvador, Maringá, Curitiba, Porto Alegre, Cascavel e Cuiabá e, ao todo, o investimento chegou a R$ 800 mil. Com a troca das antenas, a cobertura e a capacidade de mais aparelhos conectados simultaneamente aumentaram. “Começamos a mudança em 2015, na inauguração da unidade de Campo Grande. Nas demais, realizamos o upgrade entre final de 2016 e início de 2017. Hoje é possível estar conectado em todos os ambientes dos hotéis”, comenta Carlo.

A aquisição de novos equipamentos da Ubiquiti permitiu oferecer mais qualidade e velocidade no wifi para os hóspedes. “Naturalmente entendemos que o serviço wifi requer constante atualização e melhoria e por isso estamos sempre ouvindo nossos clientes e avaliando nossa infraestrutura”, diz o gerente. A nova rede permite melhor gerenciamento dos equipamentos, com gráficos e dados estatísticos online, facilitando a identificação e prevenção de problemas. O design é discreto e não contrasta com a arquitetura dos hotéis, permitindo que a instalação fique aparente, oferecendo assim melhor qualidade de sinal.

Além da melhoria no serviço de internet, a rede Deville também está fazendo investimentos em SmartTVs. “As TVs interativas proporcionam maior entretenimento e lazer aos hóspedes. Muitos se sentem mais confortáveis e em casa com serviços diferenciados”, explicou. A ideia é que esse ano a Rede adquira cerca de 700 TVs e, até 2018, esteja 100% HD.

O GRUPO

A Rede Deville começou suas atividades com o Hotel Deville Colonial, no centro de Curitiba. Desde então, vem crescendo e se consolidando como um dos principais grupos hoteleiros do País. Atualmente, atua como operador e investidor nas regiões Sul, Sudeste, Centro Oeste e Nordeste, com nove hotéis, aproximadamente 1.500 acomodações e mais de 1.100 funcionários. Administra o São Paulo Airport Marriott Hotel (SP), Deville Prime Campo Grande (MS), Deville Prime Cuiabá (MT), Deville Prime Porto Alegre (RS), Deville Prime Salvador (BA), Deville Business Curitiba (PR), Deville Business Maringá (PR), Deville Express Cascavel (PR) e Deville Express Guaíra (PR).

___________________________________
Fonte: www.centralpress.com.br
Tem Wi-Fi grátis, mas será que funciona? Tem Wi-Fi grátis, mas será que funciona? Reviewed by Empresas S/A on 16:47 Rating: 5

Nenhum comentário: