Nós Indicamos


Medida provisória reduz em 31% o custo dos tablets no Brasil


Os tablets fazem sucesso no mundo todo, embora ainda custem caro no bolso do consumidor brasileiro. Mas não por muito tempo. Foi o que anunciou ontem o governo brasileiro ao incluir os tablets na Lei do Bem (11.196/95), que dá incentivos tributários para fabricação e venda de equipamentos eletrônicos, visando a inclusão digital. O Diário Oficial, desta última segunda-feira, dia 23, publicou a Medida Provisória (MP nº534) que reduz os impostos dos tablets, oferecendo incentivos fiscais para atrair empresas interessadas em fabricá-los no País.

A isenção do PIS e COFINS aliada à redução do Imposto Sobre Produtos Industrializados (IPI) pode reduzir em 31% o preço dos tablets, o que equivale a uma economia de R$500. E o preço ainda pode cair mais se houver redução do ICMS, o que depende de cada Estado. A regra só é válida para os produtos fabricados no Brasil. Doze empresas já estão cadastradas para produzir os aparelhos em território nacional.

Em 2010, os brasileiros adquiriram 100 mil tablets, entre os vendidos no País ou trazidos do exterior. Embora com um preço salgado, a novidade tecnológica conquistou muitos leitores. E o mercado já oferece uma variedade de aplicativos de jornais e revistas disponíveis. Segundo Youssef Mourad, CEO da Digital Pages, líder brasileira em publicações digitais em multiplataformas, a medida provisória vai acelerar ainda mais mercado digital. “Fatores como tablet com custos mais baixos, programas de inclusão digital e a crescente demanda da classe C, podem dobrar o tamanho desse mercado à curto prazo”, explica Mourad. Segundo pesquisas, até 2030 cerca de dois bilhões de pessoas em todo mundo devem migrar para a classe média.

Digital Pages
A empresa pioneira em viabilizar publicações digitais em multiplataformas nasceu como uma unidade de negócios da Future Way Tecnologia e Comunicação em 1999. A grande aceitação por parte do mercado garantiu à unidade firmar contratos com renomadas organizações como Governo Federal, Grupo Pão de Açúcar, Telemar, Philips, Mackenzie, Editora Abril, dentre outras. Graças ao reconhecimento da marca e da sua solução de alto valor agregado, a Digital Pages passa a ter autonomia estratégica e operacional, deixando de ser uma unidade de negócios, para tornar-se uma empresa com posicionamento próprio. O principal objetivo é oferecer ao leitor uma experiência de leitura rica e intuitiva em meios digitais e novas oportunidades de negócios para as empresas geradoras de conteúdo. Revistas, jornais, livros, catálogos, relatórios são algumas possibilidades de aplicação. Além disso, é responsável pelo desenvolvimento dos acervos das revistas Veja e Quatro Rodas e do jornal Folha de S. Paulo.
www.digitalpages.com.br


Matéria enviada por:
Contato Comunicação & Marketing
Alice Schmitt
(11) 3288-8424 / 3288-7108
pauta2@contatopauta.com.br
Claudia Dias
Pabx: (11) 3288-8424
(11) 3251-2359/ (11) 7093-9968
Nextel: 7703-0712/ ID 107*70296
claudia@contatomcg.com.br
Medida provisória reduz em 31% o custo dos tablets no Brasil Medida provisória reduz em 31% o custo dos tablets no Brasil Reviewed by Empresas S/A on 15:25 Rating: 5

Nenhum comentário: